marski 85px 

 

FAQ - Expedições Internacionais

(atualizado em abril de 2014)

Quais os pré-requisitos ? O que preciso fazer para participar ?

Como pré-requisitos exigimos

  • Forma física razoável a boa. Não é necessário ser um atleta ou ser capaz de correr uma maratona, mas por outro lado, você deve ser capaz de manter-se em atividade física leve a moderada durante 8 a 10h de duração. 
  • Ausência de fatores de risco, que ao nosso critério são: qualquer cardiopatia, asma na fase adulta, diabetes e DPOC. Se você for hipertenso, recomendamos fortemente a consulta com seu médico de confiança para verificar reajustes nas drogas de controle da hipertensão.
Para oficializar a participação em qualquer expedição ou atividade, solicitamos o pagamento de um sinal (normalmente entre 10 a 30% do valor total, dependendo do tempo que falta para o início).

Qual a idade mínima para participar ?

Não nos sentimos confortáveis em levar menores de 16 anos de idade para ambientes que estejam acima dos 4000m. Todos os demais, possuindo saúde e forma física razoável são bem vindos.

Quais os documentos necessários ?

Para os países do Mercosul (e Chile) basta o documento de identidade em bom estado e no qual seja possível reconhecer você na foto do documento. Para todos os outros um passaporte com ao menos 6 meses de validade é suficiente.

Alguns países podem exigir visto (por exemplo, o Nepal). Lhe informaremos de algum detalhe se for o caso.

O que está incluso ?

Para todas as nossas expedições, salvo quando especificado de forma diferente na programação do destino, está incluso quando necessário:

  • Equipamento de camping e/ou alojamento (barracas de montanha para 2 ou 3 pessoas / equipamentos de cozinha).
  • Ice screw, cordas, polias, fogareiros, equipos de cozinhas, talheres, ou seja, todo o material de uso comum ao grupo e que seja necessário para o curso e/ou expedição, etc...
  • Alimentação (preferencialmente ovo-lacto-vegetariana) durante todo o período que estivermos na montanha.
  • Transporte (mulas, burros ou lhamas) para a bagagem até o acampamento base (ida e volta), nos locais onde isso é necessário.
  • Carregadores também estão inclusos onde for necessário. Isso não significa que você não irá carregar nada... você deve estar apto a carregar a sua mochila com 10 a 15Kg durante longos trechos ou períodos de tempo. Nem é necessário dizer que existe um limite em termos de bom senso a respeito da quantidade de bagagem que você deve levar para um acampamento base
  • Transporte (carro/jeep/caminhão/ônibus) até o acampamento base (ida e volta)
  • Guia de montanha auxiliar (se necessário em função do número de participantes). Normalmente trabalhamos com uma relação de guias 1:3 no dia do ataque ao cume, em alguns casos a relação de guias pode ser (a nosso critério) 1:2.
  • Cozinheiro e assistente de cozinha (se necessário em função do número de participantes)

E o que não está incluso ?

  • Passagem aérea e taxas de embarque.
  • Hotéis - Apesar de não estar incluso, podemos realizar as reservas, oferecer sugestões de diferentes hotéis e serviços, etc... a diária de um quarto duplo (por pessoa) custa desde USD 10,00 a USD 25,00 (para hotéis entre 2 a 3 estrelas).
  • Excesso de bagagem. Verifique com sua companhia aérea a franquia em todos os trechos dos vôos selecionados.
  • Não está incluso o translado do aeroporto até a cidade de destino. Claro que faremos todo o possível para recepcioná-lo (gratuitamente) no aeroporto, mas em virtude de atrasos, etc.. e tal nem sempre isso é possível. Para todos terem uma noção de valor, um táxi do aeroporto até o centro da cidade custa cerca de US$ 15,00 em La Paz/Bolívia.
  • Alimentação durante os períodos fora da montanha, ou seja, na cidade. Claro que iremos orientar os melhores locais para alimentação e dentro do possível, até realizaremos estas refeições juntos.
  • Equipamentos pessoais, tais como saco de dormir, piqueta (piolet) de gelo, botas duplas, crampons, isolante térmico, headlamp, cantil, etc... Se você não tiver estes itens eles podem ser alugados ou comprados no país de destino. Iremos auxiliar no processo de aluguel destes equipamentos.
  • Passeios opcionais de aclimatação ou passeios turísticos.
  • Gorjetas
  • Táxis
  • Seguros de Viagem e /ou Seguro Médico. Recomendamos que você faça um checkup geral ainda no Brasil e contrate um seguro de viagem/saúde para a viagem!
  • Apesar de ser óbvio, mas não custa nada citar que não podemos ser responsáveis por eventos adversos tais como terremotos, avalanches, instabilidades políticas, guerras, inundações, desabamentos, fechamento de aeroportos, cancelamentos de vôos, doenças, etc... ou seja, em caso de alguma eventualidade do gênero, não somos responsáveis por nada disso (embora, também obviamente, faremos o possível para contornar os transtornos e problemas).
  • Exclusivamente a nosso critério, em virtude de condições "extremas" a atividade/expedição pode ser "cancelado" ou ter sua programação alterada a qualquer momento.
  • Ainda a nosso exclusivo critério, se um participante não apresentar condições físicas para uma determinada atividade, ele será convidado a permanecer descansando no acampamento (base ou avançado) ou retornar para a cidade (se esta for a melhor opção). Por exemplo, um participante que não conseguiu aclimatar-se para realizar uma determinada ascensão, pode não receber a permissão do guia-líder para prosseguir.

Quanto vou gastar enquanto estiver na cidade ?

Os valores diferem para cada país em virtude de suas próprias peculiaridades, da duração, etc..

Mas as despesas são basicamente divididas em quatro categorias:

a) passagem aérea + passagem terrestre (onde for o caso, claro)

b) taxa de permissão de escalada (onde for o caso, claro). Para o Aconcágua, por exemplo, essa taxa é de cerca de US 500,00 (e muda a cada ano!), já para a Cordilheira Branca, no Peru, não chega a US 20,00.

c) valor do curso/expedição

d) despesas gerais que não estão inclusas no curso/expedição que você estiver participando.

De forma genérica, se você excluir os itens que você pretende comprar/alugar, uma estimativa de cerca de US 50,00 a US 80,00/dia é mais do que generosa para que você tenha todo o conforto.

Sugiro ainda que o participante leve:

cartão de débito Visa Electron, com chip (assim é possível realizar saques na moeda local diretamente da sua conta corrente)

cartão de crédito Visa Internacional, com chip

Há lojas onde posso comprar algum equipamento ?

Sim !

Por exemplo, em La Paz, na Bolívia, recomendamos: http://bo.tatoo.ws/
Em Quito, no Equador, recomendamos: http://ec.tatoo.ws/. Há uma gigantesca loja com todo o tipo de equipamento "outdoor", com preços semelhantes aos encontrados nos EUA.
Em Huaraz, no Peru, recomendamos: http://pe.tatoo.ws/ além de diversas lojinhas que existem no centro da cidade.
Em Santiago, no Chile, há um shopping exclusivo de esportes: http://www.mallsport.cl/  e lá dentro, recomendo a http://www.andesgear.cl/
Em Mendoza, na Argentina, recomendo a http://www.orviz.com/

E seu desistir, não conseguir acompanhar o grupo ou precisar voltar mais cedo ?

Caso um participante decida abandonar a expedição, curso ou trekking após este ter-se iniciado, as despesas decorrentes para o retorno à cidade, assim como eventuais diárias de hotel, etc.. são de responsabilidade do participante.

Não esperamos que algo assim venha a acontecer, mas caso aconteça, faremos o nosso melhor para assessorar e proporcionar o máximo possível de segurança neste retorno.

Se estivermos na montanha, você pode ficar esperando o grupo no acampamento base, sem nenhum tipo de despesa extra, e depois retonar para a cidade junto com o grupo. Se for necessário retornar de forma prévia à cidade, os custos de deslocamento (mulas, transporte, etc...) deverão ser arcados posteriormente por você.

Se por algum motivo você não puder participar da atividade, temos a seguinte política:

  • Se a desistência acontecer com mais de 30 dias de antecência do início do curso, é cobrada uma taxa de desistência no valor de US 75,00. Essa taxa cobre uma parte das nossas despesas referentes à programação da atividade como um todo.
  • Para os clientes que desistirem entre 30 a 15 dias do início do curso, a taxa de cancelamento é de US 300,00 e para quem desistir entre 14 e 2 dias antes do ínicio do curso, a taxa é de US 600,00. Depois disso não haverá restituição de nenhuma parte do pagamento.

Quais roupas de frio devo levar ?

Nas montanhas obviamente que é frio, mas fica entre -5 a -20 Celsius durante a noite (nas montanhas)... Raramente faz mas frio do que isso. Se você não tiver roupas específicas, não só pode como deve improvisar. Acho um absurdo o pessoal ficar gastando dinheiro com a ultima palavra em tecnologia (dólares e dólares e dólares...) e quando você vai para a montanha, encontra um carregador levando 45Kg, de chinelos, camiseta de algodão e blusa de lã...

Em La Paz (Bolívia), , Huaraz (Peru), Mendoza (Argentina), Quito (Equador), Santiago do Chile ou mesmo em Katmandu sempre há excelentes opções para comprarmos excelentes equipamentos e materiais a preços acessíveis.

Nem é necessário dizer que algumas montanhas, em virtude da latitude, altitude ou época do ano podem ser realmente frias, esse é o caso do Aconcágua, Huayna Potosi, Illimani, Denali e várias outras montanhas.

Eu já tenho cadeirinha, mosquetão... devo levar ?

Se você tiver, deve levar sim. Ele faz parte do seu equipamento individual (assim como outros items tais como isolante térmico, saco de dormir, lanterna de cabeça, capacete, botas, crampons, piolets...).

Ao você se inscrever lhe enviaremos uma lista completa de materiais e equipamentos sugeridos para o curso/expedição.

O que você não tiver, pode ser comprado ou alugado nos países de destino.

Preciso saber escalar em rocha ? Preciso ter alguma experiência prévia ?


Não, de forma alguma. Claro, se você já dominar as principais técnicas de escalada (ou rapel) e já conhecer os equipamentos e materiais, seu rendimento será melhor. Mas não se preocupe: apresentaremos todos os materiais e técnicas (inclusive muitos são utilizados também nas escalada em rocha) de forma gradual e didática.

Quando for necessário um treinamento ou experiência prévia, como acontece em algumas rotas ou programas customizados, isso estará claramente descrito no decorrer do programa.

Já participei de outras expedições com vocês. Tenho algum desconto ?

Ex-alunos e ex-participantes que queiram participar ou nos acompanhar em uma de nossas expedições são bem vindos ! Claro que você não irá pagar o valor como um todo !

Cobramos cerca 35% a 90% do valor do curso/expedição e oferecemos (depende muito da logística empregada no país de destino e também do número de participantes):

  • logística local
  • transporte ida e volta ao acampamento base
  • animais de carga na ida e volta ao acampamento base
  • alimentação, material de cozinha coletiva
  • material de grupo (cordas, estacas, etc...)
  • apoio técnico e guia de montanha

E é claro, você não irá ficar totalmente na moleza... na medida do possível esperamos que você também nos auxilie nas atividades do dia-a-dia ;-)

Devo levar alguma comida ?

Não. E em geral isso sequer é permitido pela legislação sanitária dos países. Excessões são feitas para comida liofilizada ou desidratada. Claro que barrinhas de cereal sempre são bem vindas... (ainda mais para reforçar a comida servida nos voos).
No país de destino teremos um momento de visita ao "supermercado" local apenas para que cada um compre itens de sua preferência, tais como chocolates, biscoitos, salgadinhos, etc...

Preciso fazer um seguro de viagem / seguro de saúde ?

Eu recomendo que sim. Apesar dos nosso guias conseguirem administrar a maior parte das necessidades, é importante termos a segurança para que se algo acontecer, você pode ter tratamento hospitalar ou, se no pior cenário, ser transportado de volta ao Brasil. Além disso os seguros costumam cobrir sua bagagem no caso de extravio durante os vôos. Claro, leia com muita atenção todas as cláusulas do seu contrato com a seguradora para não ser pego desprevenido.

Um seguro que costumo usar e recomendo é o www.worldnomads.com, entretanto, eles não cobrem mais o montanhismo (mountaineering), portanto talvez seja o caso de pesquisar outros seguros.

Uma recomendação é ler o excelente artigo do nosso colega Gustavo Granato: http://www.gustavogranato.com/2013/08/qual-e-o-melhor-seguro-medico-e-de.html

Nem é necessário dizer que um cartão de crédito internacional (valído e desbloqueado) com um limite alto é muitas vezes mais eficaz que um seguro... a rede mais aceita no mundo é a VISA

Quais remédios devo levar ?

Apenas os quais você utiliza habitualmente, e outros de acordo com a sua prescrição médica.
De forma geral, preocupe-se em levar um anti-inflamatório não-esteróide (Ibuprofeno / Advil, por exemplo), remédio para dor de cabeça (Aspirina, por exemplo), Colírio.
Converse como seu médico a respeito da diárreia do viajante e acima de tudo, leve boa disposição !

Mas uma farmácia básica que recomendo seria:
  • 8 a 12 comprimidos de Advil
  • 10 comprimidos de AAS 500mg
  • Ciclobenzaprina (é um relaxante muscular) ou Carisoprodol (outro relaxante muscular). Um exemplo seria o "Dorflex"
  • Colírio
  • Bandagem elástica para imobilização
  • e ainda: lenços umedecidos, álcool em gel (para higienização das mãos), creme hidratante, protetor solar e labial

E eventualmente (você irá precisar de receita médica para comprar):
  • Ciprofloxacino (tratamento para 10 dias)
  • Azitromicina  (tratamento para 10 dias)



Devo tomar vacinas ?

Algumas localidades possuem problemas específicos. Ao contratar nossos serviços lhe alertaremos da necessidade de vacinas específicas se for o caso.
Para Bolívia e Peru, apesar de não ser mais necessário, sugerimos que você vacine-se contra a Febre Amarela e providencie (pode ser no próprio aeroporto internacional brasileiro) a carteira internacional de vacinação de febre amarela. Providencie isso com antecedência se for possível! 

Recomendo ainda a vacina "Pneumo 11 ou Pneumo 23" (disponível gratuitamente na rede pública) e também vacinas contra "Hepatite B".

Tive asma na infância/sou diabético/hipertenso/cardiopata. Posso participar ?

Converse com o seu médico. De forma geral, asma na infância não é um impeditivo (claro que você irá levar sua bomba de Salbutamol, não é mesmo ?).

Hipertensos controlados com medicamentos também não são impeditivos, no máximo talvez a dosagem da sua medicação tenha que ser ajustada (de acordo com o seu médico).

Diabéticos (tipo I ou II), cardiopatas e portadores de DPOC são um caso a parte e realmente não me sinto confortável em tê-los em meus grupos, principalmente se formos a altitudes acima dos 4000m, entretanto, cada "caso é um caso" e podemos conversar a respeito da sua situação específica.

E se eu tiver um problema médico durante a expedição ?

Bom, por isso é que um seguro de saúde com cobertura internacional é importante. Faremos o possível para minimizar a exposição aos problemas, mas você também deve fazer sua parte: um check-up e uma visita ao dentista *antes* da viagem é altamente recomendável e deveria fazer parte do seu planejamento.

Certamente durante a viagem estaremos saindo fora da zona de conforto usual, e o contato com a natureza rude e bela faz parte desse processo.

Ao nosso exclusivo critério você pode ser impedido de continuar a expedição (casos de fraqueza física, descontrole emocional, desgates de saúde...) e em todos os casos deve obedecer o guia principal. A segurança do grupo e a de cada participante é muito importante para nós !

Alguma dica ou conselho em especial ?

Sim, é claro! Confira:

A mochila cargueira é indispensável para cursos ou algumas expedições (homens aproximadamente 75 a 90 litros e mulheres aproximadamente 50 a 75 litros).

Uma mochila de ataque, entre 40 a 55 litros também é indispensável (para levar roupas de frio, alimento, etc... durante caminhadas, treinamentos, ataque ao cume, etc...)

Se você tiver, uma grande bolsa resistente, no qual seja possível colocar sua mochila dentro, é interessante para proteger sua mochila quando ela for transportada no avião e também nos animais.

Leve dólares trocados (notas de 10 e 20) e em boas condições. Para alguns destinos (Bolívia e Argentina), pode levar notas de real pois o câmbio é realizado sem problemas.

É muito comum não aceitarem notas em mau estado ou riscadas (carimbadas).

Evite ao máximo notas de US$ 100,00, a não ser que sejam notas novas e sem qualquer defeito (riscos, rasgos, etc...)

As noites e madrugadas são frias. Na maioria dos acampamentos na montanha a noite a temperatura gira em torno de -5 a -20 graus Celsius. Dificilmente a temperatura desce abaixo disso.

Leve um "porta documentos" (para andar sempre com os valores junto ao corpo).

A expedição vai lhe exigir um esforço físico considerável, então, independente da sua idade ou condição física, recomendamos fortemente que você realize um exame médico chamado "teste ergométrico", que irá avaliar a sua FCMax (freqüência cardíaca máxima) e principalmente a presença de arritmias cardiácas, problemas de oxigenação nas artérias coronárias, etc... Como parâmetro de comparação, as coisas estarão OK para você fazer o curso se você não tiver nenhuma cardiopatia e o valor de seu "VO2 Max" estiver acima de 35 ou 40 ml/Kg/Minuto (veja este resultado em seu exame). Claro, faça também um check-up médico !

Leve pouca bagagem! Leve apenas o essencial! Pratique o desapego aos bens materiais!

Lembre-se que as taxas de embarque NÃO estão inclusas normalmente no preço da passagem para alguns países (Bolívia e Peru são um exemplo) e serão cobradas no próprio aeroporto internacional quando você for retornar para o Brasil. Como exemplo, para a cidade de La Paz ou Lima (o retorno) custa cerca de US$ 24,00 e deve ser pago no aeroporto (não dá para pagar antecipadamente).

Apesar de não ser mais necessário (para nossas expedições à Bolívia e ao Peru), sugerimos que você vacine-se contra a Febre Amarela e providencie (pode ser no próprio aeroporto internacional brasileiro) a carteira internacional de vacinação de febre amarela. Providencie isso com antecedência!

Pode acontecer alguma mudança no roteiro original ?

Planejamos nossos roteiros de forma a serem executados dentro do período programado, desde que as condições sejam favoráveis. Entretanto, pode eventualmente surgir despesas adicionais devido a mudanças no itinerário causadas por inundações, guerras, terremotos, maremotos, tsnumais, furacões, guerras civis, condições políticas adversas (greves), doenças, acidentes ou outras causas e mudanças de horários sem aviso prévio. 

Se alguma mudança ou cancelamento for necessário, essa decisão é tomada em conjunto com o grupo e de forma razoavelmente democrática, entretanto é a nosso exclusivo critério a adoção destas medidas extremas.

 

 

ImprimirEmail