marski 85px 

 

França - Mont Blanc (4808m)

montblanc-174franceA primeira escalada de que há notícia ocorreu em 8 de Agosto de 1786, efetuada por Jacques Balmat e Michel Paccard. A primeira mulher a atingir o cume foi Marie Paradis em 1808. As primeiras ascensões marcaram este local como berço do alpinismo moderno.

Hoje em dia, um teleférico faz o percurso do centro da localidade de Chamonix (1030 metros) ao cume da Aiguille du Midi (3842 metros) em vinte minutos. Em cada dia, cerca de cinco mil pessoas utilizam este meio para subir ao monte.

Existe a falsa ideia de que a escalada do Mont Blanc, apesar de longa, é fácil para quem estiver bem treinado e habituado às grandes altitudes. No entanto, em cada ano que passa, numerosos montanhistas vão engrossar a já extensa lista das vítimas do maciço do Monte Branco. Na realidade, trata-se de uma escalada longa e cheia de passagens perigosas que não deve ser tentada sem o acompanhamento de um guia experiente.

 

O desnível da base de partida até ao topo é superior a 3900 metros, e os glaciares descem até aos 1200 metros. Há várias rotas para a subida, muitas das quais com desníveis suaves. Porém, a extensão da subida, e a própria altitude, além da instabilidade das condições meteorológicas, tornam a subida muito difícil, e mais de 1000 pessoas morreram nesta montanha, sobretudo por desconhecerem os seus limites de resistência ou falta de preparação.

Duas rotas ditas "normais" existem para subir, além de outras que envolvem maiores perigos. O topo tem espaço para cerca de 100 a 200 montanhistas em simultâneo. 

As duas cidades mais conhecidas junto ao Mont Blanc são Chamonix (França) e Courmayeur (Itália). 

A rota que proponho é a roda "Du Gouter" ou "Voie Royale": Nossa ascensão se dará pela cidade de Saint-Gervais, onde tomaremos um "trenzinho" até as proximidades do glaciar, em Nid d'Aigle (ou até a estação anterior, em 2012 Nid A'igle está fechada e não se sabe ainda se irá ou não reabrir).

De lá caminharemos um pouco até um flanco rochoso conhecido como "tetê-rousse" (cabeça quebrada) e chegamos desta forma ao abrigo de mesmo nome, aos 3167m de altitude.

O Abrigo pertence ao CAF - Clube Alpino Francês. As ascensão deste flanco rochoso apresenta riscos objetivos devido às quedas de rochas. Capacete é obrigatório, velocidade de ascensão também ;-).

royale

No dia seguinte saimos (por volta das 02:00h da madrugada) rumo ao cume, passando pelo "Dome Du Gouter" onde há também um refúgio de montanha, após cerca de 2 a 3 horas de escalada e finalmente chegamos ao cume do Mont Blanc. 

Entre em contato conosco para que possamos lhe oferecer uma alternativa que seja vantajosa em termos de custoXbenefício e definirmos o que estará ou não incluso.  Em virtude dos custos, recomendamos que a ascensão do Mont Blanc esteja associada à escalada do Matterhorn, diluindo desta forma o valor da passagem aérea, etc...

A escalada do Mont Blanc acontece prioritariamente com uma relação de guia 1:1 ou se for o caso posso guiar um máximo de três pessoas em simultâneo. Idealmente a relação 1:2 se os participantes tiverem um condicionamento físico semelhante.

Em princípio recomendamos a escalada do Mont Blanc em 4 a 6 dias (no total), tempo este destinado a treinamento prévio (se for necessário) e aclimatação, assim como instabilidade climáticas.

Pré-requisitos
  • Boa forma física

Para saber mais:

  

 

 

ImprimirEmail