marski 85px 

 

Mensagem

[Goo.gl service] Message: Daily Limit for Unauthenticated Use Exceeded. Continued use requires signup.; Location:

Aconcágua (6969m)

aconcagua 01


argentinaO Aconcágua é a maior montanha do continente americano, na verdade, montanhas mais altas do que ele estão apenas no continente asiático (Karakoram e Himalaias).

Com seus quase 7000m de altitude, é um desafio para qualquer montanhista.

Ele fica na Argentina, relativamente próximo à fronteira com o Chile, e todos os anos atrai centenas de montanhistas, escaladores e trekkers que buscam conhecer e se possível, ascender ao seu ponto mais alto.

 

Apesar de sua rota normal não apresentar qualquer dificuldade técnica, o frio, o ar seco e a altitude fazem com que apenas cerca de 35% dos que tentam chegar ao cume efetivamente tenham sucesso. É costume entre os montanhistas chamar o Aconcágua de um "pequeno 8000m", isso em virtude das condições agressivas do clima e das baixas pressões atmosféricas.

Nossa proposta é oferecer uma ótima infraestrutura e conhecimento técnico (guias) para maximizar sua chance de atingir o cume em uma janela de bom tempo. 

Programação   (Sujeita a alterações em virtude de fatores climáticos e outros)

  • 1º Dia - Voo Brasil / Mendoza. Pode-se ir via Buenos Aires ou Santiago do Chile.  Indo por Buenos Aires tem-se que trocar de aeroporto em Ezeiza, indo por Santiago do Chile tem-se que pegar um ônibus rumo à Mendoza (uns 300Km de distância). É necessário que todos os participantes estejam em Mendoza neste primeiro dia para fazermos a revisão dos equipamentos e eventualmente comprarmos/alugarmos os itens faltantes.
  • 2º Dia - Mendoza e Transfer para Puente del Inca.  Prestaremos consultoria para a compra ou aluguel de equipamentos, realizaremos compras no supermercado e retirada do “permiso”. Após o almoço (não incluso) iremos para Puente del Inca (180km de distância), preparemos as cargas para as mulas e iremos dormir em Puente Del Inca ou em Penitentes (hostel com meia pensão).
  • 3º Dia - Aproximação – 4h de caminhada. Entrada no Parque Provincial Aconcagua. Caminhada de cerca de 4 horas até o acampamento Confluência (3400m de altitude e aproximadamente 13 km caminhada).
  • 4º Dia - Aproximação e Aclimatação - Plaza Francia (4200m)  – 9h a 10h de caminhada.  Caminhada a Plaza Francia (4200m de altitude) com destino ao mirante (4000m). Retorno e pernoite em Confluência (3400m).
  • 5º Dia - Aproximação e Caminhada a Plaza de Mulas – 10h de caminhada. Esse é um longo dia, com caminhada intensa de aproximadamente 24 km até o Acampamento Base (Plaza de Mulas, 4370m de altitude).
  • 6º Dia - Aclimatação. Descanso e caminhadas leves ao redor do acampamento base
  • 7º Dia - Aclimatação e Plaza Canadá  – 5h de atividade.  Levaremos barracas, combustível e comida até Plaza Canadá (4910m de altitude), retornando ao acampamento base para aclimatação.
  • 8º Dia - Plaza de Mulas / Cerro Bonete ou Câmbio de Pendinte / Plaza de Mulas – 8 a 10h de atividade. Realizaremos uma caminhada ao cerro Bonete ou até câmbio de Pendinte (um local que antece a Nido de Condores) para expor o corpo à altitude. A intenção é chegar ao 5000m de altitude. Retornaremos e iremos dormir em Plaza de Mulas.
  • 9º  e 10º Dia - Descanso em Plaza de Mulas - Descanso e preparação dos equipamentos para mudarmos para os acampamento de altitude. Fundamental para preparar o corpo para os esforços dos próximos dias.
  • 11º Dia - Plaza Canadá 4910m.  5h de atividade. Subiremos em definitivo e montaremos o primeiro acampamento de altitude. Pernoite no local.
  • 12º Dia - Nido de Condores (5250m). 5h de atividade. Subiremos em definitivo e montaremos o segundo acampamento de altitude. Pernoite no local.
  • 13º Dia - Berlim/Cólera (5950m) . 5h de atividade.  Subiremos em definitivo e montaremos o terceiro e último acampamento de altitude. Pernoite no local. Preparação para o ataque ao cume no dia seguinte.
  • 14º Dia - Berlim/Cólera/Cume (6969m)/Cólera/Berlim. 10 a 14 horas de atividade. Dia do ataque ao cume, sairemos de madrugada e realizaremos a tentativa de chegar ao cume. Pernoite no último acampamento.
  • 15º Dia - Berlim/Cólera / Plaza de Mulas. 4 a 6horas de atividade. Desmontaremos o acampamento e retornamos ao acampamento base.     
  • 16º Dia - Plaza de mulas / Puente del Inca / Mendoza.  Retorno a Puente del Inca (40 Km de caminhada), sendo que nossa carga irá através de mulas. Pegaremos um tranporte privado e retornamos até Mendoza. Hotel.
  • 17º Dia Extra.  Mudanças climáticas, ajustes de itinerários, etc...
  • 18º Dia Extra.  Mudanças climáticas, ajustes de itinerários, etc..
  • 19º Dia Extra.  Mudanças climáticas, ajustes de itinerários, etc...
  • 20º Dia. Retorno ao Brasil

Quando acontece essa expedição e quanto custa ?

Consulte nosso calendário, com as datas de saída e valores. Se você já possui um grupo, podemos adequar nossa agenda para atender de forma exclusiva às suas necessidades !

Pré-requisitos 

  • Boa forma física
  • Ter mais de 21 anos (há uma certa burocracia a ser resolvida se o participante tiver entre 18 a 21 anos de idade)
  • Atestado médico - recomendamos que o participante faça um eletrocardiograma sob esforço para detectar eventuais problemas cardíacos.
  • Ausência de fatores de risco, que ao nosso critério são: qualquer cardiopatia, asma na fase adulta, diabetes.   Se o participante for hipertenso, recomendamos fortemente a consulta com seu médico de confiança para verificar reajustes nas drogas de controle da hipertensão.

O que está incluso ?

  • Equipamento de camping e/ou alojamento (barracas de montanha para 2 ou 3 pessoas / equipamentos de cozinha).
  • Ice screw, cordas, polias, fogareiros, equipos de cozinhas, talheres, ou seja, todo o material de uso comum ao grupo e que seja necessário para o curso e/ou expedição, etc...
  • Alimentação (inclusive ovo-lacto-vegetariana) durante todo o período que estivermos na montanha.
  • Transporte (mulas, burros ou cavalos) para a bagagem até o acampamento base (ida e volta).
  • Transporte até o acampamento Puente del Inca (ida e volta)
  • Guia de montanha auxiliar (se necessário em função do número de participantes). Normalmente trabalhamos com uma relação de guias 1:3 no dia do ataque ao cume, em alguns casos a relação de guias pode ser (a nosso critério) 1:2.
  • Cozinheiro e assistente de cozinha (se necessário em função do número de participantes)

O que não está incluso ?

  • Passagem aérea e taxas de embarque.
  • Hotéis - Apesar de não estar incluso, podemos realizar as reservas, oferecer sugestões de diferentes hotéis e serviços, etc... a diária de um quarto duplo (por pessoa) custa desde USD 10,00 a USD 25,00 (para hotéis entre 2 a 3 estrelas).
  • Excesso de bagagem. Verifique com sua companhia aérea a franquia em todos os trechos dos vôos selecionados.
  • Não está incluso o translado do aeroporto até a cidade de destino. Claro que faremos todo o possível para recepcioná-lo (gratuitamente) no aeroporto, mas em virtude de atrasos, etc.. e tal nem sempre isso é possível. 
  • Alimentação durante os períodos fora da montanha, ou seja, na cidade. Claro que iremos orientar os melhores locais para alimentação e dentro do possível, até realizaremos estas refeições juntos.
  • Equipamentos pessoais, tais como saco de dormir, piqueta (piolet) de gelo, botas duplas, crampons, isolante térmico, headlamp, cantil, etc... Se você não tiver estes itens eles podem ser alugados ou comprados no país de destino. Iremos auxiliar no processo de aluguel destes equipamentos.
  • Carregadores não estão inclusos. Isso não significa que você precisará carregar "tudo" (pois teremos ajudantes/carregadores levando os equipamentos de uso comum entre os acampamentos, as barracas, etc...), mas você deve estar apto a carregar a sua mochila com cerca de 15Kg durante longos trechos ou períodos de tempo. Nem é necessário dizer que existe um limite em termos de bom senso a respeito da quantidade de bagagem que você deve levar para um acampamento base. 
  • Passeios opcionais de aclimatação ou passeios turísticos.
  • Gorjetas
  • Táxis
  • Seguros de Viagem (Seguro Médico). Recomendamos que seja contratado um seguro de saúde/viagem com o pessoal da http://www.worldnomads.com/
  • Apesar de ser óbvio, mas não custa nada citar que não podemos ser responsáveis por eventos adversos tais como terremotos, avalanches, instabilidades políticas, guerras, inundações, desabamentos, fechamento de aeroportos, cancelamentos de vôos, doenças, etc... ou seja, em caso de alguma eventualidade do gênero, não somos responsáveis por nada disso (embora, também obviamente, faremos o possível para contornar os transtornos e problemas).
  • Exclusivamente a nosso critério, em virtude de condições "extremas" o curso pode ser "cancelado" ou ter sua programação alterada a qualquer momento.
  • Ainda a nosso exclusivo critério, se um participante não apresentar condições físicas para uma determinada atividade, ele será convidado a permanecer descansando no acampamento (base ou avançado) ou retornar para a cidade (se esta for a melhor opção). Por exemplo, um participante que não conseguiu aclimatar-se para realizar uma determinada ascensão, pode não receber a permissão do guia-líder para prosseguir.

Principais dúvidas relacionadas ao Aconcágua

Quanto custa a taxa de ingresso ao parque do Aconcágua (permiso) ?

Como parâmetro, os valores (em pesos argentinos) da temporada 2012/2013 foram :

“Quebrada de Horcones”

Categoría

Ascenso

Trekking Largo

Trekking Corto

Temporada

Nacional

Extranjero

Nacional

Extranjero

Nacional

Extranjero

Alta

$ 1.000

$ 4.200

$ 250

$ 1.200

$ 120

$ 600

Media

$ 700

$ 3.100

$ 160

$ 1.000

$ 100

$ 550

Baja

$ 350

$ 1.700

$ 160

$ 1.000

$ 100

$ 550

Qual o frio que devo esperar ? 

  • No pior cenário você deve possuir equipamento e estar preparado para frio de até 30 graus negativos. Nesse cenário o uso de Mittens é obrigatório. Recomendamos um saco de dormir para um temperatura de conforto de ao menos 15 graus negativos. O uso de botas de alta montanha (bota duplas) é obrigatório.

Não tenho experiência prévia em montanhismo, posso participar ?

  • Sim, não há qualquer desafio técnico na rota que iremos realizar, entretanto é necessário estar em ótima forma física.

Sou diabético/hipertenso/cardiopata/portador de DPOC, posso participar ? 

  • Preferimos que não. Os riscos envolvidos são muito grandes. Não que isso seja um impeditivo, mas seria melhor um relação de um guia "exclusivo" para alguém nessa situação.

Pratico esportes e faço atividade física regularmente, isso é o suficiente para que eu me enquadre no quesito "ótima forma física" ?

  • Não. Sugerimos que você faça um teste ergométrico ou uma avaliação cardíaca sob estresse (esforço) para saber se está apto ou não a participar.
  • Se eu desistir da expedição depois dela ter-se iniciado ou se eu tiver um problema médico e precisar "ser resgatado", como isso funciona ? Pois bem...Se o participante desistir durante a expedição, ele pode ficar aguardando o grupo no acampamento base (com seus gastos pessoais transcorrendo por sua responsabilidade) ou pode optar por retornar para a cidade (com os gastos tais como transporte, mulas, etc.. transcorrendo também por sua responsabilidade). Claro que prestaremos todo o auxílio necessário que estiver ao nosso alcance para que este retorno seja o mais tranquilo possível.
  • Se o participante desistir do cume mas permanecer com a equipe (nos acampamentos avançados) não há problema algum nem nenhum gasto adicional.

 

 

 

 

ImprimirEmail