marski 85px 

 

Aconcágua (6969m)

aconcagua 01


argentinaO Aconcágua é a maior montanha do continente americano, na verdade, montanhas mais altas do que ele estão apenas no continente asiático (Karakoram e Himalaias).

Com seus quase 7000m de altitude, é um desafio para qualquer montanhista.

Ele fica na Argentina, relativamente próximo à fronteira com o Chile, e todos os anos atrai centenas de montanhistas, escaladores e trekkers que buscam conhecer e se possível, ascender ao seu ponto mais alto.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Aconcágua - Trekking Campo Base

aconcagua 03argentinaO trekking ao acampamento base do Aconcágua (plaza de mulas) acontece em paralelo às expedições de escalada, ou seja, usamos a mesmo logística das expedições de escalada para proporcionar a melhor experiência possível aos participantes do trekking.

Ou seja, você irá conhecer Puente del Inca, Plaza Francia e Plaza de Mulas, vivenciando todo o frenesi das diversas expedições que tentam escalar o colosso das américas.

Além disso, o ponto de partida é a cidade de Mendoza, famosa por suas vinícolas e oportunidades gastronômicas.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Cerro Plata (5966m)

plata01argentinaO conjunto do Cerro Plata (Cordon del Plata, com o Cerro Platita, Plata, Negro, Vallecitos etc...) é uma excelente montanha para quem deseja conhecer uma montanha de quase 6000m, dar seus primeiros passos em altitude, aprendendo mais sobre o próprio corpo e como ele se relaciona com as etapas de aclimatação, sem dificuldades técnicas.

Além disso, o Cerro Plata fica próximo à cidade de Mendoza, famosa por suas vinícolas e opções gastronômicas.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Cerro Tronador (3491m)

0294argentinaO Tronador é uma excelente montanha para aprender as técnicas básicas de cramponagem e escalada em gelo/neve, isso porque sua baixa altitude permite ascensão sem as preocupações relacionadas à aclimatação. 

Além disso, o Tronador fica próximo às charmosas cidades de San Carlos de Bariloche, Villa Angostura e San Martin de los Andes, verdadeiras jóias da bela Patagônia.

Para quem escala em rocha, há ainda o vale Emílio Frey, com suas dezenas de agulhas, um verdadeiro paraíso para o escalador tradicional.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Trekking - Travessia do Vale Emílio Frey, Jakob, Itália, Lopez

trekking frey smallargentinaEste é um trekking fantástico que percorre um trecho relativamente acessível e seguro na patagônia norte.

Nosso ponto de partida é a charmosa cidade de Bariloche, no sul da Argentina. É um trekking de dificuldade e intensidade moderada, com um bom nível de exigência física.

Cada época do ano é unica, entretanto, eventualmente pode ser "impossível" fazer esse trekking mo inverno (devido ao acúmulo de neve ou risco de avalanches), mas nos demais meses do ano, ele é espetacular ! 

A época ideal para realizar é durante os meses de verão.

 

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Huayna Potosi (6088m)

Bolivia_2007_0519boliviaO Huayna Potosi é uma das montanhas com 6000m com um acesso relativamente fácil, mas nem por isso deve ser subestimada.
 
A temperatura durante a madrugada de ataque ao cume pode facilmente chegar a 20 graus negativos e um grande esforço físico e determinação mental será requerido dos participantes.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Illimani (6462m)

illimaniboliviaO Illimani é a maior montanha da Cordilheira Real, com quase 6500m de altitude apresenta dificuldades técnicas reais e o participante deve dominar de forma plena as técnicas de cramponagem.
 
São realizados dois acampamentos e a montanha, apesar de ficar a apenas 60Km da cidade de La Paz, é rodeada de pueblos nos quais ainda se vive de forma primitiva.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Pequeño Alpamayo / Pirâmide Blanca - Curso de Escalada em Alta Montanha

curso alpamayoboliviaNosso Acampamento Base é montado nos proximidades da Laguna Chiarkota, no Vale do Condoriri, a partir deste vale procederemos à Escalada do Pico Austria/ Illusión (5.350m) e Tarija (5.200m) e dependendo das condições do grupo, também do Pequeño Alpamayo e/ou Pirâmide Blanca (ambos com cerca 5500m).

Esse é um dos nossos destinos/roteiros mais populares pois além do baixo preço na Bolívia, após o curso, o participante pode realizar vários passeios na região.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Sajama (6542m)

boliviaO Sajama é a maior montanha da Bolívia, com 6542m, fica a quase 300Km de distância de La Paz.sajama01
 
A melhor época do ano para escalar o Sajama é entre os meses de maio até o início de Setembro. A região é famosa pelos fortes ventos que assolam a região. Nos arredores do Sajama há águas termais e ele fica muito próximo da fronteira com o Chile.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Trekking ao Condoriri, com ascensão do cerro Áustria (5450m) e Mirador

trekking condoririboliviaNosso Acampamento Base é montado nos proximidades da Laguna Chiarkota, no Vale do Condoriri, a partir deste vale procederemos à Escalada do Pico Austria/ Illusión (5.350m).

Esse é um dos nossos destinos/roteiros mais populares pois além do baixo preço na Bolívia, após o curso, o participante pode realizar vários passeios na região: conhecer Tiahuanaco, o lago Tititicaca, a cidade de Copacabana, downhill de bicicleta na "estrada da morte", conhecer a Amazônia boliviana, ir para Cuzco (e Machu Pichu) entre tantas outras opções (que inclusive teremos o maior prazer em orientar e ajudar).

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Pico das Agulhas Negras e Prateleiras (Parque Nacional do Itatiaia)

DSC03978brasilO Pico das Agulhas Negras, com 2793 metros de altitude está localizado entre os municípios fluminenses de Itatiaia e Resende, e o município mineiro de Bocaina de Minas, na parte alta do Parque Nacional de Itatiaia, integrando a Serra da Mantiqueira.

Ele serve de divisa natural entre os estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, tem sua nascente em Agulhas Negras. No interior do parque, o mais antigo do Brasil, existem outras montanhas com altitude superior aos dois mil metros de altura.

Durante o inverno, de junho e agosto, a pluviosidade na região do Pico das Agulhas Negras diminui, sendo frequente a ocorrência de baixas temperaturas. Em seu ponto culminante, a temperatura do ar pode chegar a -10°C.

O clima durante o inverno é seco e bastante frio, sendo comum a formação de geadas, cobrindo os campos e a vegetação da parte alta do parque com um fino manto de gelo.

A melhor época do ano é durante os meses de inverno, entrentanto é possível ir entre os meses de maio a início de novembro. No verão, devido a maior possibilidade chuva, não recomendamos a visitação à esta parte do parque.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Pico do Lopo (Extrema - MG)

brasilA Serra do Lopo é um conjunto de montanhas situado na fronteira entre as cidades de Extrema (MG) e Joanópolis (SP).DSC00815

O Pico do Lopo, o ponto mais alto da serra que lhe dá nome, possui 1750 metros de altitude e é um dos pontos de visitação mais procurados daquela região, pelo fato de oferecer uma vista de 360º da Represa do Jaguari e abranger diversas cidades, como Joanópolis, Extrema, Piracaia e outras.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Pico dos Marins

Cume marinsbrasilO Pico dos Marins fica situado na divisa dos municípios de Piquete e Cruzeiro, no estado de São Paulo.

Localizado na Serra da Mantiqueira, seu cume está a 2420m acima do nível do mar. Para ser atingido, é necessário subir encostas rochosas íngremes

O Pico dos Marins foi escalado pela primeira vez em 1911. O caminho até o seu cume é considerado uma das trilhas de montanha mais bonitas e preservadas do país.

O trekking na subida ao pico é considerado de dificuldade média/pesada. A subida é do tipo conhecido como "escalaminhada", não sendo necessários equipamentos especiais como cordas e grampos.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Travessia Itaguaré-Marins

Cume marinsbrasil O Pico dos Marins fica situado na divisa dos municípios de Piquete e Cruzeiro, no estado de São Paulo.

Localizado na Serra da Mantiqueira, seu cume está a 2420m acima do nível do mar. Para ser atingido, é necessário subir encostas rochosas íngremes

O Pico dos Marins foi escalado pela primeira vez em 1911. O caminho até o seu cume é considerado uma das trilhas de montanha mais bonitas e preservadas do país.

O trekking na subida ao pico é considerado de dificuldade média/pesada. A subida é do tipo conhecido como "escalaminhada", não sendo necessários equipamentos especiais como cordas e grampos.

A melhor época do ano é de maio a outubro.

 

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Travessia na Pedra do Baú

brasil

 Nesse trekking clássico do estado de São Paulo, iremos chegar ao cume das três pedras (Baúzinho, Baú e Ana Chata) e ainda faremos o espetacular rapel na Pedra do Baúzinha.

Nossa travessia começa em uma trilha suave que nos leva ao topo da Pedra do Baúzinho, onde começaremos nossa aventura, com um rapel de quase 60 metros, descendo até o "col" que liga a Pedra do Baúzinho a Pedra do Baú, com uma vista única e exclusiva para aqueles que tem determinação e coragem de estar nessa aventura.

Descemos então a trilha que dá acesso a Pedra do Baú, onde seguiremos até acessar a Face Norte do Baú, onde iniciaremos a subida pela Via Ferrata, recordando os pioneiros Antônio e João Cortez que fizeram a primeira ascensão ao cume da Pedra do Baú em 1940. 

A subida pelas é feita com cordas e equipamentos de segurança, ao chegarmos ao cume da Pedra do Baú teremos o privilégio de uma vista única, onde podemos descansar um pouco e fazer um lanche.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Ojos del Salado (6898m)

chileojos del salado small by Janne Corax


O Ojos del Salado é um estratovulcão com 6893 metros de altitude,  e é o vulcão mais alto do mundo. É também a segunda montanha mais alta da América, do Hemisfério Ocidental, do Hemisfério Sul, e por último, a montanha mais alta do Chile.

Este vulcão está localizado numa região bastante selvagem e muito pouco explorada da fronteira Argentina-Chile, a 600 km a norte do Aconcágua, ponto mais alto dos Andes, numa região de clima desértico. Faz parte do círculo de fogo do Pacífico.

O cume do Ojos del Salado foi atingido pela primeira vez em 26 de fevereiro de 1937, por Jan Alfred Szczepański e Justyn Wojsznis, ambos naturais da Polônia. Para chegar ao acampamento base da montanha, é necessário o uso de veículos com tração nas quatro rodas (4x4), pois o terreno é bastante irregular e não há infraestrutura na região.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Cotopaxi (5870m) + Chimborazo (6310m)

cotopaxiecuadorNesse roteiro planejamos a ascensão (basicamente um trekking) a duas montanhas menores: Rucu Pichincha (4800m) e Illinizas Norte (5176m) para aclimatação, após eles, como objetivo da expedição tentaremos os cumes do Cotopaxi (5870m) e eventualmente também da maior montanha do Equador, o Chimborazo, com seus 6310m de altitude.

Temos ainda dois dias extras para eventuais problemas climáticos ou logísticos, aumentando assim a chance de sucesso: cume!

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

França - Mont Blanc (4808m)

montblanc-174franceA primeira escalada de que há notícia ocorreu em 8 de Agosto de 1786, efetuada por Jacques Balmat e Michel Paccard. A primeira mulher a atingir o cume foi Marie Paradis em 1808. As primeiras ascensões marcaram este local como berço do alpinismo moderno.

Hoje em dia, um teleférico faz o percurso do centro da localidade de Chamonix (1030 metros) ao cume da Aiguille du Midi (3842 metros) em vinte minutos. Em cada dia, cerca de cinco mil pessoas utilizam este meio para subir ao monte.

Existe a falsa ideia de que a escalada do Mont Blanc, apesar de longa, é fácil para quem estiver bem treinado e habituado às grandes altitudes. No entanto, em cada ano que passa, numerosos montanhistas vão engrossar a já extensa lista das vítimas do maciço do Monte Branco. Na realidade, trata-se de uma escalada longa e cheia de passagens perigosas que não deve ser tentada sem o acompanhamento de um guia experiente.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Suiça - Matterhörn/Cervin (4478m)

matterhorn RiffelseeswissO Matterhorn é talvez a montanha mais conhecida dos Alpes. Situa-se na fronteira da Suíça com a Itália e sua graciosa silhueta domina a cidade suíça de Zermatt e a cidade italiana de Breuil-Cervinia.

Foi a última grande montanha dos Alpes a ser escalada, talvez devido aos receios que provocava em muitos montanhistas. Sua forma inspirou a cultura ocidental em numerosas ocasiões, desde o formato do chocolate Toblerone, ao batismo de outros montes de forma semelhante (como o Machapuchare, o Matterhorn do Nepal), à decoração de capas de álbuns dos grupos Depeche Mode e Goldfrapp.

A primeira escalada foi apenas em 14 de Julho de 1865, depois de muitas tentativas frustradas, que Edward Whymper, Charles Hudson, Lord Francis Douglas, Douglas Hadow, Michel Croz e os Peter Taugwalder, pai e filho, que tentaram seguir a chamada rota Hörnli, conseguiram subir ao cume do Matterhorn/Cervino, tendo sido surpresos pela facilidade do percurso.

Na descida Hadow teria escorregado, golpeando Croz nos pés e arrastando Hudson e Douglas consigo. Os sete estavam atados uns aos outros, e poderiam ter todos morrido, mas a corda rompeu-se durante a queda, enviando os quatro atrás citados para a morte por queda no glaciar do Cervino, 1400 m abaixo. Os corpos de todos (exceto o corpo de Douglas) foram descobertos mais tarde e foram enterrados em Zermatt.

Ao contratar os meus serviços, faremos esta rota clássica e repleta de história (rota do Hornli). 

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Everest - Trekking ao Acampamento Base + Gorak Sheep e Kala Patar

everest small by Rupert Taylor-PricenepalAlém da oportunidade de conhecer o acampamento base da montanha mais alta do mundo, este trekking proporciona um contato íntimo com a cultura tibetana, os monges budistas, civilizações e culturas milenares.

Caminharemos entre 5 a 7 horas por dia, e as hospedagem será sempre em "lodges" (uma espécie de abrigo), com todas as refeições inclusas durante o trekking, assim como o vôo (ida e volta) de Kathmandu até Lukla, onde iniciaremos nossa caminhada.  

Para aqueles que estiverem preparados fisicamente, teremos ainda a oportunidade de subir ao topo do Kala Pattar, com 5550m, de onde é possível ter-se uma visão espetacular da cadeia montanhosa de grande parte dos Himalaias, assim como do próprio Everest.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Alpamayo (5947m)

alpamayo by Brad MeringperuO Alpamayo é uma escalada técnica fantástica. Certamente está entre as montanhas mais bonitas do mundo. Fica nos arredores da cidade de Huaraz, distante cerca de 450Km de Lima, no Peru.

Essa é uma escalada que acontece com uma relação de guia 1:1 ou se os participantes forem experientes, é possível realizar com um guia para dois participantes.

Huaraz é uma cidade ímpar, com dezenas de montanhas ao redor (Cordilheira Branca) e trekkings que estão entre os mais belos do mundo.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Huáscaran (6746m)

peruO Huáscaran representa um verdadeiro desafio para qualquer escalador de altitude.
huascaran

O Huáscaran possui dois cumes, o norte e o sul. Escalaremos o Huáscaran sul, que possui o cume mais alto do Peru.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Pisco (5752m)

DSC09396peruO Pisco está entre as montanhas mais bonitas que já escalei.

Durante a sua ascensão, durante todo o período é possível ver os Huandoy, o Huascaran, Chopicalqui, Alpamayo, Chacraraju... toda a bela Cordilheira Branca !

Essa é uma escalada que não demanda maiores conhecimentos técnicos, sendo muito bonita e recomendada para as pessoas que estão dando seus primeiros passos no mundo da escalada de Alta Montanha.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Trekking na Cordilheira Huayhuash

Yerupaja South Face by JeremyfrimerperuEsse trekking está entre os cinco trekkings mais bonitos do mundo (ao lado do circuito do Annapurna no Himalaia e "W" na Patagônia).

Na verdade, ele já era popular e famoso, e tornou-se mais famoso ainda após o filme "Tocando o Vazio", com o relato da escalada do Joe Simpson (Durante a caminhada passaremos próximo ao Siulá Grande, a montanha do filme em questão).

Nossa atividade começa na cidade de Huaraz. Teremos 3 dias de aclimatação na cidade (3100m) e 11 dias de caminhada, onde percorreremos quase 190Km, e durante o trajeto nosso ponto mais alto será um "paso" a 5000m de altitude.

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Urus (5497m) + Ishinca (5550m)

ishinca_subida_rume_cumeperu Ficaremos na cidade de Huaraz, distante cerca de 450Km da capital peruana. 

De lá seguimos para o acampamento base montada na "quebrada Ishinca" (cerca de 15Km de caminhada), a partir deste acampamento base, procederemos à escalada do Urus (5497m), como aclimatação e posteriormente do Nevado Ishinca (5550m).

 

Continue Lendo

ImprimirEmail