marski 85px 

 

  • chimborazo
  • sajama
  • curso
  • willamakilisani
  • Vulcões do Equador: Cotopaxi 5870m + Chimborazo 6310. Saídas durante todo o ano !
  • Expedição ao Sajama, maior montanha da Bolívia com 6542m. Próximas saídas para Junho / Julho 2015
  • Expedição Pequeño Alpamayo + Curso Alta Montanha. Próximas saídas para Junho / Julho 2015
  • Huayna Potosi, 6088m + Curso de Alta Montanha na Bolívia. Próximas saídas para Junho / Julho 2015

 

 

Rapel - Transpondo nós em cordas danificadas

(matéria publicada pelo autor no Mountain Voices, edição 140 de 2014)

Fazer um rapel é a coisa mais trivial do mundo, certamente ninguém tem dificuldades com isso, correto ?

Agora imagine o seguinte cenário:  

Você está escalando tranquilamente com o seu parceiro, vocês chegam em uma das paradas da via, e enquanto estão conversando ali, inadvertidamente seu colega derruba uma pedra do platô no qual vocês se encontram... E essa pedra durante a queda acerta de forma violenta a corda de escalada de vocês, rompendo a capa e expondo a alma da corda...

corda destruida

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Como fazer o auto-resgate (saída de crevasses)
Como fazer o auto-resgate (saída de crevasses)

o vídeo abaixo mostra de forma bem didática como fazer o auto-resgate para saída de gretas utilizando dois prussiks
    Outro vídeo legal, é o exibido a seguir, onde é utilizado o nó de "Garda" como um segundo ascensor ... &n [ ... ]

Sacos Estanques (Avaliação)

por Davi Marski, fevereiro de 2011 Bom, já começo explicando a serventia dos sacos estanques, e é muito simples: manter o que estiver dentro deles seco ! Sacos estanques é “lugar-comum” para o pessoal da espeleologia (ou do canioning), mas para a turma da escalada, pode não ser tão famil [ ... ]

Dicas gerais para um montanhista
Dicas gerais para um montanhista

por José Antonio Pena Brage, do Centro Excursionista Universitário Descobrindo sua trilha Se você se perder, mantenha a calma. O pânico é seu maior inimigo. Pare e tente recordar como você chegou até onde você está. Não caminhe aleatoriamente. Se você estiver numa trilha, não a abandon [ ... ]

Atualmente todos vivemos em um mundo dominado pelas máquinas. Quase não restam em nosso deteriorado planeta espaços livres, onde possamos esquecer nossa sociedade industrial e testar, sem sermos incomodados, nossas faculdades e energias primitivas. Em todos nós se esconde uma saudade do estado primogênito, com o qual podíamos calibrar-nos com a natureza e enfrentá-la, descobrindo a nós mesmos. Aqui está basicamente a razão de não haver para mim uma meta mais fascinante que esta: Um homem e uma montanha.

Reinhold Messner