marski 85px 

 

  • chimborazo
  • sajama
  • curso
  • willamakilisani
  • Vulcões do Equador: Cotopaxi 5870m + Chimborazo 6310. Saídas durante todo o ano !
  • Expedição ao Sajama, maior montanha da Bolívia com 6542m. Próximas saídas para Junho / Julho 2015
  • Expedição Pequeño Alpamayo + Curso Alta Montanha. Próximas saídas para Junho / Julho 2015
  • Huayna Potosi, 6088m + Curso de Alta Montanha na Bolívia. Próximas saídas para Junho / Julho 2015

 

 

Rapel - Transpondo nós em cordas danificadas

(matéria publicada pelo autor no Mountain Voices, edição 140 de 2014)

Fazer um rapel é a coisa mais trivial do mundo, certamente ninguém tem dificuldades com isso, correto ?

Agora imagine o seguinte cenário:  

Você está escalando tranquilamente com o seu parceiro, vocês chegam em uma das paradas da via, e enquanto estão conversando ali, inadvertidamente seu colega derruba uma pedra do platô no qual vocês se encontram... E essa pedra durante a queda acerta de forma violenta a corda de escalada de vocês, rompendo a capa e expondo a alma da corda...

corda destruida

 

Continue Lendo

ImprimirEmail

Manutenção de fogareiros MSR
Manutenção de fogareiros MSR

por Davi Marski, setembro de 2007 Nessa sequência de fotos temos os MSR XGK e Internationale 600 desmontados totalmente para revisão e manutenção.   [ ... ]

Nó UIAA (nó de Munter)
Nó UIAA (nó de Munter)

Este nó deve ser de conhecimento de todo escalador. Ele serve para dar segurança e para fazer rapel. No Brasil é conhecido como nó UIAA, mas o nome correto dele é "laçada de Munter" ou "Munter Hitch"  

Nó "oito" facil de desfazer - finalização Yosemite! (e uma dica extra)
Nó

por Davi Marski, em outubro de 2007 Bom, todos sabemos que existe apenas duas formas de unir-se (pela cadeirinha) à corda quando vamos escalar : fazemos um nó do tipo "lais de guia com backup" e passamos ele  na cadeirinha  ou fazemos um nó "oito". A grande vantagem do nó "lais de g [ ... ]

Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. 
Não quero estar em lugares onde desfilam egos inflados. Não tolero gabolices. 
Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte. 
Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: 'as pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos'. 
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa.
- Rubem Alves